quinta-feira, 25 de agosto de 2011

poeminha de 2007



(ando muito nostálgica ultimamente e acabei encontrando algumas coisas bem antigas. esse poema deve ser lá de 2007, eu acho. são apenas palavras que eu achava bonitas. todas juntas. e eu nem precisava explicar. mas senti vontade.)


Neura


Como uma libélula
No talassossiclo

O lince arquiteto fez
A resenha do relatório
Sobre o absinto entornado
Ao acalanto

A alegoria adjacente à auréola da pleura bruma
Que antes, bailarina
Na penumbra ou no candelabro

A glória do delírio da harpia
E a ambigüidade com o reflexo do ângulo
De uma visão de um felino
Ou de uma eqüidna com esquistossomose


Nenhum comentário: